5 Roteiros para conhecer as cervejarias mais famosas da Europa

A cerveja, mesmo sendo uma das bebidas mais antigas que existe, tem cada vez mais recebido a devida importância que merece e assim sendo o motivo principal de muitos turistas entrarem num avião com diversos destinos, em busca das mais desejadas cervejarias.

Nós mesmos já fizemos algumas viagens com o principal objetivo de conhecer a melhor cerveja do mundo (a abadia Brouwerij de Sint-Sixtusabdij em Westvleteren na Bélgica), uma das mais conhecidas e admiradas (a Heineken em Amsterdam na Holanda), uma das mais tradicionais e encontrada em qualquer Pub (a Guinness em Dublin, Irlanda), a cerveja trapista mais vendida e consumida (a La Trappe em Berl-Enschot na Holanda) ou também uma microcervejaria que apesar de nova é ganhadora de prêmios (a De Struise em Oostvleteren na Bélgica).

Sim, cerveja, simplesmente: cerveja, pode ser o início de uma grande aventura por um país desconhecido.

Vamos então listar nossos roteiros para conhecer 5 das cervejarias mais famosas da Europa.

Guinness (Irlanda)

A cerveja Guinness é praticamente sinônimo de Pub! Em praticamente todo bar típico irlandês é possível encontrar essa cerveja do tipo Stout, bem escura e sabor mais amargo. E foi por ela que iniciei minhas aventuranças por esse mundo etílico.

Roteiro Etílico - Cervejarias - Guinness

Por muitos anos, a Guinness foi a minha preferida e principal escolha quando ia ao mercado, então claro que na primeira oportunidade que tive, viajei para Dublin, Irlanda, onde é possível visitar a antiga fábrica, chamada agora de Guinness Storehouse, e conhecer mais de sua história. Transformada em museu e com atrações para visitantes conhecerem a história e como é fábricado esse delicioso líquido negro.

Roteiro Etílico - Cervejarias - Guinness

E ao ir para Dublin, é possível dar uma escapada para a fábrica do Whisky Jameson, outra excelente iguaria irlandesa.

Westvleteren (Bélgica)

A ceveja fabricada na Abadia de Brouwerij de Sint-Sixtusabdij já recebeu diversas vezes o título de “melhor do mundo” por várias publicações especializadas. Mas além desse atrativo, quem quer experimentar esse néctar precisa visitar sua fábrica devido a sua política restrita de venda. Como nunca foi de real interesse dos monges a distribuição em larga escala, eles proíbem a revenda, limitando a compra a um número bem limitado de garrafas.

Roteiro Etílico - Cervejarias - Westvleteren

Eles produzem apenas três tipos de cerveja: a Westvleteren Blond, a Westvleteren 8 e a mais famosa Westvleteren 12. E se você não fizer a reserva com antecedência, terá que dar sorte do restaurante In de Vrede, que fica na propriedade da abadia, possuir estoque (sim, na segunda vez que fui tinha apenas a n° 8) e poderá comprar apenas uma caixa de 6 unidades por pessoa.

Isso realmente faz com que seja difícil encontrá-la, procure no Mercado Livre por exemplo, você verá anúncios de venda de uma garrafa de 250ml por até R$150.

Roteiro Etílico - Cervejarias - Westvleteren

Ah! E sim, a cerveja é muito boa. Muito diferente das cervejas que tomamos todo dia, mas recompensadora de todo esse esforço.

La Trappe (Holanda)

Você sabe o que é uma cerveja trapista? São aquelas produzidas sob supervisão de monges da Ordem Trapista e com diversas regras, sendo a principal que ela deve ocorrer integralmente dentro do monastério. A soma de sua história, qualidade e dificuldade de compra tornou a cerveja trapista uma dos tipos mais famosos do mundo e objeto de desejo de todo amante cervejeiro.

Roteiro Etílico - Cervejarias - La Trappe

A La Trappe, ainda que sua fabrição continue seguindo esse conceito, melhorou sua distribuição a partir de parcerias e hoje é possível ser encontrada muito mais facilmente e a um preço bastante acessível. E além disso, eles melhoraram bastante sua recepção turística, incluindo tours de visitação e um excelente restaurante.

Roteiro Etílico - Cervejarias - La Trappe

Então não deixe de incluir no roteiro pela Holanda um passeio pela Brouwerij de Koningshoeven em Berkel-Enschot.

Heineken (Holanda)

Uma das cervejas  mais conhecidas e patrocinadora de diversos torneios esportivos, a Heineken possui um tour de visitação muito legal em Amsterdam, com uma pegada moderninha, uma energia bem diferente da Guinness, por exemplo.

Roteiro Etílico - Cervejarias - Heineken

Como em todo roteiro, na Heineken Experience é mostrado o processo de fabricação, da matéria-prima até a cerveja geladinha à mesa, mas o legal mesmo são as atrações interativas que eles têm. Como um cockpit que mostra diversos comerciais, um lugar que dá para você fazer um karaokê e um vídeo engraçado, uma máquina para caras e bocas em fotos virtuais e por aí vai.

Roteiro Etílico - Cervejarias - Heineken

A visita é encerrada no bar da Heineken, onde cada pessoa pode saborear duas cervejas.

De Struise (Bélgica)

A primeira vez que tomei uma cerveja da De Struise foi em Bruges, praticamente sem querer. Enquanto a patroa foi fazer uma visita, eu aproveitei para conhecer uma pequena loja de cervejas da marca e comprei duas garrafas. E depois de experimentar, gostar e pesquisar, vi que essa microcervejaria era uma das mais festejadas pelo conhecedores cervejeiros, com algumas receitas próprias e bastante diferenciadas.

Roteiro Etílico - Cervejarias - De Struise

E claro que quando voltei para a Bélgica fiz questão de incluir sua fábrica no roteiro.

Roteiro Etílico - Cervejarias - De Struise

O lugar em si não tem grandes atrações ou mesmo algum tour específico, mas a possibilidade de poder comprar garrafas que você não encontra em outras lugares e beber diretamente da fonte não tem preço. Seu bar serve apenas cerveja, não tem comida ou outra bebida, e a quantidade de biqueiras de chopp é assustadoramente linda.

 

 

Banner Roteiro Etilico - Blogagem Coletiva - Cervejaria

Este post faz parte da Blogagem Coletiva sobre Roteiros Etílicos com blogs amigos do grupo de Pequenos Grandes Viajantes. Conheçam as outras postagens:

  • Viagem de Fuga:  Viagem + Cerveja Artesanal: alguns destinos no Brasil para unir essas duas paixões.
  • Pelas andanças na América do Sul o O Melhor Mês do Ano encontrou muito, mas muito vinho! E se apaixonou!
  • Ligado em Viagem: Nossa indicação de roteiros para conhecer 5 das mais famosas cervejarias da Europa: Heineken, Guinness, La Trappe, Westvlesteren e, a novata e já prestigiada, De Struise.
  • Casal Califórnia: Aproveite sua viagem pelo litoral da Califórnia, através da incrível Highway 1, para degustar os excelentes vinhos da Costa Central do estado, na Região Vinícola de Paso Robles!
  • Coisos on the go: Vai para o Chile e não bebe muito? Conhecer algumas vinícolas é uma boa opção de passeio para você também. Algumas delas estão bem perto de Santiago!
  • Tá indo pra onde? Curte vinhos e está curioso para saber como é a Avaliação Nacional da Safra em Bento Gonçalves, todo mês de setembro?
  • Destinos por onde andei…: Passamos bebendo pelos melhores bares na Capital da Bélgica e contamos aqui pra você!!!
  • Asas pra que te quero!: Cinco lugares para visitar e degustar os sabores da Serra Gaúcha. Tem vinho, espumante, suco de uva e até cerveja.
  • O blog Love and Travel listou 10 lugares no mundo para apreciar uma boa bebida. Tem vinícola, cervejaria, restaurantes e bares com drinks deliciosos e todos testados e aprovados pelo casal que adora viajar.
  • Fourtrip: Tour imperdível numa das maiores e mais famosas vinícolas do mundo, Concha y Toro em Santiago do Chile.
  • Apure Guria!: Acha que só tem vinho na Serra Gaúcha? Bahh tá enganado! Várias cervejarias artesanais pra você visitar na Rota Cervejeira da Serra Gaúcha! Toma um gole!
  • Atravessar Fronteiras: Visitas a vinícolas em Bento Gonçalves, Santiago, Mendoza e no Vale do Loire (França). Visita às fábricas de cerveja em Dublin e Amsterdam. Tudo isso para você juntar o útil ao agradável: viagens etílicas!
  • O blog Novo Caroneiro te leva de carona até o Vale dos Vinhedos, no Rio Grande do Sul, com este super guia de vinícolas e outros passeios pela região.
  • Cantinho de Ná: Vem com a gente nesse roteiro etílico onde falamos sobre 4 bebidas: cerveja, whisky, coquetéis e vinho. Mostramos lugares onde encontrá-las e tem até onde NÃO ir de jeito nenhum.
  • O #KariDesbrava te mostra lugares no Rio de Janeiro onde com certeza você vai encontrar gente bonita e cerveja gelada!
  • Quebrei a Bússola: Um museu com mais de duas mil marcas de cachaças, muitas curiosidades e diferentes sabores da deliciosa marvada. Tudo isso aqui em Minas, berço da cachaça! Confira!
  • A Path to Somewhere: Turismo Cervejeiro – confira cinco cervejarias na Bélgica que um verdadeiro cervejeiro precisa conhecer!
  • Vou pra Roma: Vamos viajar juntos entre os vinhos italianos de cada região. Dicas de onde comprar e quais levar na mala.
  • The World by Fon: 8 destinos “etílicos” que o Fon recomenda na América, Ásia e Europa.
Organize melhor sua viagem
  • Já reservou o seu Hotel? Nós usamos e recomendamos o Booking, melhor site para reserva e com opções em todos os lugares do mundo, além disso temos um post com nossas dicas de como escolher o melhor lugar para se hospedar.
  • Já garantiu as Entradas dos lugares que vai visitar? A melhor maneira de economizar tempo e dinheiro é comprar os tickets com antecedência, o TicketBar oferece os melhores descontos e opções nos melhores e mais conhecidos destinos do mundo.
Todas as indicações são de empresas parceiras, seguras, confiáveis e utilizadas por nós.

29 comentários em “5 Roteiros para conhecer as cervejarias mais famosas da Europa

  • 24 de fevereiro de 2016 a 13:38
    Permalink

    Já compartilhei seu post, tenho dezenas de amigos que vão adorar.
    E nós temos em comum nos nossos posts, a Heineken e a Guiness.

    Responder
    • 24 de fevereiro de 2016 a 13:47
      Permalink

      Oi Adriana, obrigado! Pode recomendar que as visitas são garantidas, quem gosta de cerveja vai realmente adorar. Abs

      Responder
  • 24 de fevereiro de 2016 a 13:48
    Permalink

    As duas mais badaladas (a Guiness e a Heineken) não são as minhas preferidas, não são meu tipo de cerveja…

    Mas as outras… deu vontade de abrir uma geladinha aqui em casa! Adorei o post e essas cervejarias belgas estão todas na minha lista!

    Adorei!

    Responder
    • 24 de fevereiro de 2016 a 15:14
      Permalink

      Eu gosto muito da Guinness, ainda hoje, mesmo já conhecendo outras. E sim, as cervejarias belgas são realmente as melhores. 🙂

      Responder
  • 24 de fevereiro de 2016 a 14:01
    Permalink

    Adoro as cervejas belgas!!! Na minha próxima visita a Bélgica vou querer conhecer todas as Trapistas… e também a De Struise, que não cheguei a provar ainda e parece interessante… =]

    Responder
    • 24 de fevereiro de 2016 a 15:15
      Permalink

      Melhor lugar para tomar todas as trapistas e não ter o bolso perfurado (mesmo pagando em Euro). A De Struise tem diversos tipos de cerveja, algumas são muito fortes, até dificeis de beber. Mas vale muito conhecer.

      Responder
      • 24 de fevereiro de 2016 a 15:44
        Permalink

        Eu já provei todas as trapistas belgas + La Trappe, mas quero ir conhecer todos os mosteiros… passei 2 meses na Bélgica ano passado, estava com o roteiro prontinho para ir em todas, mas no fim não rolou de alugar o carro e ficou pra próxima… =/

  • 24 de fevereiro de 2016 a 15:55
    Permalink

    Quanta coisa bacana! Eu só conheço a Heineken, em Amsterdam!
    Já estou guardando as dicas para o maridão! 🙂

    Responder
    • 24 de fevereiro de 2016 a 17:10
      Permalink

      Que legal que gostou, sao lugares muito bons mesmo. 🙂

      Responder
  • 24 de fevereiro de 2016 a 17:13
    Permalink

    Chocada com esse preço “garrafa de 250ml por até R$150” ahaha
    Fiquei curiosa de conhecer a cerveja trapista 🙂

    Responder
    • 24 de fevereiro de 2016 a 18:16
      Permalink

      Se você procurar no Mercado Livre vai achar por isso mesmo, é absurdo. Mas no local você paga 3€ e é possível encontrar aqui na Europa por uns 10€. É bem gostosa, muito diferente da cerveja do dia-a-dia, mas não pagaria esse preço brasileiro.

      Responder
  • 24 de fevereiro de 2016 a 18:14
    Permalink

    E olha a Guinness ai de novo! Acho que ela estará presente em vários posts dessa blogagem Edson. Ainda não fomos à Bélgica, mas está em nossos planos e com certeza faremos um tour cervejeiro por lá. Adorei.

    Responder
    • 24 de fevereiro de 2016 a 18:18
      Permalink

      Não tem como não ir para a Guinness estando na Irlanda, né? 🙂 Vai sim, ir para a Bélgica e não comer chocolate e tomar cerveja da fonte, é não aproveitar. 🙂

      Responder
  • 24 de fevereiro de 2016 a 19:42
    Permalink

    Muito bom o seu post! Gostei bastante… Como eu moro aqui na Holanda, a Heineken é a minha queridinha mas, o meu marido, que é mais “cervejeiro” prefere as mais encorpadas… Eu adoro os copos da La Trappe, acho super charmosos! Abraço e “proost” (para brindar em bom holandês)!

    Responder
    • 24 de fevereiro de 2016 a 20:38
      Permalink

      Obrigado! Vocês está bem servida de cerveja então, que legal. Eu também gosto muito do copo da La Trappe, comprei um claro. Prost (em alemão 🙂 ). Abs

      Responder
  • 24 de fevereiro de 2016 a 21:08
    Permalink

    Nossa, que legal suas dicas. Adorei. Normalmente faço degustação de vinho, mas adoro uma cerveja.

    Responder
    • 25 de fevereiro de 2016 a 04:51
      Permalink

      Dê uma chance aos tours de cerveja, são tão ricos quanto de vinhos.

      Responder
  • 25 de fevereiro de 2016 a 00:41
    Permalink

    Estive na Heineken em Amsterdam e fiz o Heineken Experience, adorei! Agora quero conhecer todas estas que você sugeriu, pois amo cerveja. Além da bebida, os lugares também são muito interessantes, deve valer muito a pena visitar cada uma.

    Responder
    • 25 de fevereiro de 2016 a 04:52
      Permalink

      Principalmente na Bélgica, os lugares são especiais. Como a cerveja é feita por monges em abadias, a visita é maravilhosa.

      Responder
  • 25 de fevereiro de 2016 a 03:17
    Permalink

    Nem curto cerveja, mas já visitei a Heineken em Amsterdã! A visita vai muuuito além da degustação então vale super a pena!

    Responder
    • 25 de fevereiro de 2016 a 04:53
      Permalink

      A Viviane também não gosta de bebida alcoólica e adorou os passeios. São bem interessantes e alguns lugares realmente muito bonitos.

      Responder
  • 25 de fevereiro de 2016 a 20:28
    Permalink

    Gente e eu que achava que entendia de cerveja. Simplesmente arrasou. A partir de agora irei me especializar mais…

    Responder
    • 26 de fevereiro de 2016 a 04:38
      Permalink

      Viajar para conhecer cerveja é tão rico quanto para visitar vinicola, para quem gosta, é muito muto bom. 🙂 Que bom que gostou.

      Responder
  • 26 de fevereiro de 2016 a 10:15
    Permalink

    conheci 2 desse roteiro mas já vi que vou ter que voltar para a Europa rsrs

    Responder
    • 3 de março de 2016 a 06:16
      Permalink

      Quais foram os dois roteiros que você fez? Eu listei só cerveja boa realmente, dá mesmo uma vontade de voltar e fazer tudo de novo.

      Responder
  • 26 de fevereiro de 2016 a 15:27
    Permalink

    gente, que lindeza essa Westvleteren!!! eu não conhecia e agora já tá na minha lista de must go <3

    Responder
    • 3 de março de 2016 a 06:17
      Permalink

      Cara, é muito boa! 🙂 E o legal é a viagem em si, a abadia fica no meio do nada, várias fazendos e ruas estreitas. Fui já duas vezes e pretendo ir mais. 🙂

      Responder
  • 26 de fevereiro de 2016 a 23:05
    Permalink

    Adorei a ultima frase do texto: “a quantidade de biqueiras de chopp é assustadoramente linda.”. Desses passeios todos, conheço apenas a Heineken, e achei muito legal, além de ser muito bem atendido por lá. Já provei a Guiness muitas vezes, mas meu paladar não se adapta a ela!!

    Responder
    • 3 de março de 2016 a 06:19
      Permalink

      Eu gosto muito da Guinness, é tipo aquela cerveja que escolheria para o happy hour nosso de cada dia. Gostei bastante da Heineken também, preciso voltar para Amsterdam, aquela cidade é boa demais.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

FIQUE SEMPRE LIGADO!

Siga o Ligado em Viagem no Facebook e acompanhe todas nossas dicas e roteiros de viagem