Marraquexe em Marrocos – Desbravando a cidade de A a Z (2ª. parte)

Continuando nossa lista com dicas, curiosidades, experiências e pontos visitados em nossa viagem para Marraquexe em Marrocos.

Não deixe de ler o início da lista de A a M

 

Ano passado decidimos passar as festas de final de ano em Marraquexe, um país de lindos contrastes e culturalmente diferente de tudo que já pudemos ver. Se você gosta de aventuras, mas não curte passar perrengues, é só ver as nossas lista abaixo que garanto que vai se apaixonar ainda mais por essa cidade.

 

(Vamos discutir o nome da cidade: em português brasileiro o nome é Marraquexe e inglês a tradução é Marrakesh, já em francês, língua bastante falada em Marrocos, é Marrakech. Então você vai encontrar essas três versões nas suas pesquisas.)

 

Marraquexe de N a Z

N – Nomad

Fomos ao Nomad, com a expectativa lá em cima, já que todo mundo falava mil e uma maravilhas desse café. No final, foi tudo muito nhé, sabe… O Café des Épices que fica do ladinho, e que já falamos nessa lista, manda melhor e é mais barato.

 

Dicas Viagem Marrakech em Marrocos - Hospedagem em Riad Palais des Princeses
Dicas Viagem Marrakech em Marrocos - Hospedagem em Riad Palais des Princeses
Dicas Viagem Marrakech em Marrocos - Hospedagem em Riad Palais des Princeses

O – Onde ficar

Sem sombra de dúvidas, o melhor lugar para se hospedar em Marraquexe é dentro da medina, que é a área fortificada, murada, de uma cidade marroquina. Costumar ser a área antiga, onde há o comércio e precisa ser protegida de eventuais invasores. No caso da medina de Marraquexe, ela foi fundada em 1701 e onde estão os maiores Souks do Marrocos. Por isso se hospedar fora da medina, reduz consideravelmente a experiência.

Outro dica, é se hospedar em um Riad ao invés de hotéis convencionais. Riad são casas tradicionais marroquinas, super charmosas, que dão um toque especial a toda experiência da viagem pelo país.

Nós nos hospedamos no Riad Palais des Princeses, pertinho da praça Jemaa el Fna e com atendimento muito bom. O que mais gostei desse Riad foi o terraço, que tem vista para as montanhas Atlas e para a própria medina.

 

Dicas Viagem Marrakech em Marrocos - Várias fases da Praça Jemaa el Fna
Dicas Viagem Marrakech em Marrocos - Várias fases da Praça Jemaa el Fna
Dicas Viagem Marrakech em Marrocos - Várias fases da Praça Jemaa el Fna

P – Praça Jemaa el Fna e Palais el Badi

A praça Jemaa el Fna é o coração de Marraquexe, onde acontece de tudo e onde estão todos por lá. São turistas, músicos, dançarinos, os famigerados vendedores de água, encantadores de serpentes, macaquinhos, dentistas, contadores de histórias, vendedores ambulantes, barracas de suco, barracas de comida e por aí.

Como disse anteriormente, o legal é ir para a praça em diferentes horários do dia, para poder ver todas mudanças que ocorrem no local. A experiência é única. E por incrível que pareça, apesar de ser mega lotada, o local é seguro. Tem muito policial na praça, mas não dá pra ficar dando mole pra batedor de carteira, né?

Já o Palais el Badi, que é um palácio em ruínas e um parque gigante, eu achei o local mais ou menos. Tudo bem que tem uma vista bem legal para as montanhas, mas se tiver com o tempo de viagem apertado, pode pular sem culpa.

 

Q – Quando ir e quanto tempo ficar

Em relação a época do ano, acho que acertamos em cheio ao ir em dezembro, no começo do inverno. Os dias estavam lindos, sem chuva e a temperatura agradável na casa dos 23º durante o dia e uns 5-6º a noite. E ainda pegamos neve nas montanhas, o que deixou o passeio ainda mais interessante ainda.

Outra época que deve ser bem legal é a primavera, ainda com temperaturas amenas e antes do Ramadã.

Já em relação a duração de viagem, para conhecer só a cidade de Marraquexe, acho que 4 dias é suficiente. Nós ficamos 6 dias somente em Marraquexe e mais 3 dias rodando por cidades próximas. Porém estávamos com nossa filha pequena, o que exige mais tempo para o curtir o local sem stress.

 

Dicas Viagem Marrakech em Marrocos - Melhor hamburger no restaurante Roti D’or
Dicas Viagem Marrakech em Marrocos - Melhor hamburger no restaurante Roti D’or

R – Roti D’or e Restaurante Argana

Roti D’or, um pequenino restaurante escondido no meio do souk Kessabine que amamos! Eles fazem um hambúrguer com gostinho de kebab, sabe? A batata frita é dos deuses, crocante, sequinha. Tudo de bom! Tanto que fomos 3 vezes lá… E o preço é justo.

Nós jantamos no Restaurante Argana uma noite e com ele queimei a língua. Fui meio contrariada, pois tem bastante cara de restaurante pega turista, mas a comida estava muito boa, atendimento bacana, sobremesa divina e, o melhor de tudo, com uma bela vista para a praça Jemaa el Fna. Ou seja, uma boa alternativa ao café Glacier.

 

Dicas Viagem Marrakech em Marrocos - Souks da Medina de Marraquexe
Dicas Viagem Marrakech em Marrocos - Souks da Medina de Marraquexe
Dicas Viagem Marrakech em Marrocos - Souks da Medina de Marraquexe

S – Souks

Ah, os Souks… São fascinantes, vibrantes, muvucados e a gente pode encontrar de tudo.

São grandes labirintos nos quais motos e pedestres dividem o ínfimo espaço quase a tapa. Na medina de Marraquexe, os souks são meio que divididos, com áreas de roupas, acessórios, couro, tinturaria, ervas, alimentos (destaque para as famigeradas azeitonas), artefatos de metal e por aí vai.

É um passeio cansativo, mas que fica marcado para sempre.




Dicas Viagem Marrakech em Marrocos - Sala dos túmulos em Tombeaux Saadiens

T – Tombeaux Saadiens e Táxis

As Tombeaux Saadiens é o local onde os restos mortais dos governantes da dinastia saadiana estão enterrados. As salas onde estão os túmulos são bonitas, com colunas totalmente trabalhadas, mosaicos com a arte tipicamente marroquina. A visita é bem rápida, mas se tiver um tempo extra, o jardim do local também é interessante.

Usar Táxi em Marraquexe é  um assunto interessante, mas prático. Existe uma tabela de preços, como por exemplo para o Aeroporto, porém culturalmente você terá que muitas vezes negociar com o motorista, que tentará tirar uma casquinha. Uma dica importante é não pegar táxi diretamente na praça Jemaa el Fna ou em frente de hotéis famosos, como o La Mamounia. Tivemos um melhor preço em frente a mesquita Kotoubia.

 

Dicas Viagem Marrakech em Marrocos - Aeorporto de Marrakech Menara

U – Última chance de compras: Aeroporto

Para quem ama comprar e ainda tem alguns dihrams para gastar, o Aeroporto de Marraquexe tem algumas ofertas de compras. O preço é um teco maior do que na medina, mas pelo menos os vendedores não são tão invasivos e insistentes. Eu comprei algumas coisinhas por lá e não me arrependi.

 

Dicas Viagem Marrakech em Marrocos - Vendedores e artistas marroquinos na Praça Jemaa el Fna em Marraquexe e outros locais
Dicas Viagem Marrakech em Marrocos - Vendedores e artistas marroquinos na Praça Jemaa el Fna em Marraquexe e outros locais
Dicas Viagem Marrakech em Marrocos - Vendedores e artistas marroquinos na Praça Jemaa el Fna em Marraquexe e outros locais
Dicas Viagem Marrakech em Marrocos - Vendedores e artistas marroquinos na Praça Jemaa el Fna em Marraquexe e outros locais

V – Vendedores e artistas marroquinos

Bom aqui vai a mais importante dica: tenha paciência, paciência e paciência.

Nós até achamos que seria pior (nós achamos que Dubai foi até pior), mas se não tivéssemos colocado um mantra de paciência na caixola, acho que ficaríamos um pouco aborrecidos. O lado ruim é que não dá para parar em uma loja e olhar o que você quer comprar, dar aquela namoradinha sabe… A insistência é algo da cultura de vendas marroquina, então o melhor a fazer é treinar os olhos para conseguir sapear o que mais agrada, sem precisar parar.

Na praça Jemaa el Fna, a dica é fazer cara emburrada e responder um “não obrigado”, se não os vendedores podem até pegar no braço e por aí vai… não vão desgrudar facilmente, carrapatinho viu.

E claro, não deixe de respeitar a cultura local e, mais uma vez, tenha paciência para que os vendedores não estraguem sua experiência em Marraquexe.

 

W – Wanderslust pelo Marrocos

Nós não ficamos somente em Marraquexe.

Queríamos conhecer outras partes do Marrocos, mas não queríamos ter que mudar de hotel e etc. Assim achamos na internet da vida a Rita Leitão, uma portuguesa que mora há anos no Marrocos e que tem uma agência de turismo. Com ela, compramos três passeios: Essaouira, Ait Ben Hadoud e Cascata do Ozoud.

Os guias foram super pontuais, profissionais e gentis. Nós ficamos bastante satisfeitos e, claro, vai ter posts sobre esses lugares surreais.

 

Dicas Viagem Marrakech em Marrocos - Vestimentas em Marraquexe

X – O “X” da questão, como se vestir no Marrocos

Na hora de montar a mala para o Marrocos, é legal levar em consideração que estamos falando de um país muçulmano e conservador.

Isso não significa que é necessário cobrir da cabeça aos pés, mas é legal mostrar respeito ao lugar. Então, como era inverno, eu acabei levando vestidos longos para serem usados com calça legging, calça jeans e blusas levinhas de manga comprida. No verão vestidos longos e que cubram também os ombros são uma boa pedida. Para os homens é mais tranquilo, assim como para as crianças.

No caminho, a gente se esbarrou com algumas mulheres de shorts curtinho e regatinha. E dá para perceber que o pessoal olha mesmo e até mexe, faz comentários. Eu acho melhor respeitar o costume, do que ter chateação na viagem.

 

Y – Ibn Youssef Mosque

Ao lado da Medersa Ben Youssef e do Museu de Marraquexe, a mesquita Ibn Youssef Mosque é aberta somente para muçulmanos. E infelizmente por fora não dá para ver muita coisa, mas se conseguir subir em algum outro prédio alto, a vista da cúpula da mesquita é muito bonita.




Dicas Viagem Marrakech em Marrocos - Zwin Zwin Café em Marraquexe, comida boa e bela vista
Dicas Viagem Marrakech em Marrocos - Zwin Zwin Café em Marraquexe, comida boa e bela vista

Z – Zwin Zwin Café

Este foi o café, junto com o Roti D’Or, que mais gostamos. Nós fomos ao Zwin Zwin Café para jantar no rooftop e foi bem legal. O atendimento é bom e a comida gostosinha com preço justo.

A vista da medina à noite é muito bonita, mas o que mais gostei foi poder ouvir os diversos sons provenientes da vida marroquina.

 

 

Não deixe de ler o início da lista de A a M

 

E também já escrevemos como foi nossa experiência de viagem em países muçulmanos e como comemoramos o Natal em Marrocos, um país 99% muçulmano.

 

Ofertas de Passeios em Marraquexe

 

Ofertas de Hospedagem em Marraquexe



Booking.com

 

Organize melhor sua viagem
  • Já reservou o seu Hotel? Nós usamos e recomendamos o Booking, melhor site para reserva e com opções em todos os lugares do mundo, além disso temos um post com nossas dicas de como escolher o melhor lugar para se hospedar.
  • Já garantiu as Entradas dos lugares que vai visitar? A melhor maneira de economizar tempo e dinheiro é comprar os tickets com antecedência, o TicketBar oferece os melhores descontos e opções nos melhores e mais conhecidos destinos do mundo.
Todas as indicações são de empresas parceiras, seguras, confiáveis e utilizadas por nós.

Viviane N M Amorina

Nasci em São Paulo/Brasil e me formei em Engenharia de Alimentos pela UNICAMP. Sempre gostei de viajar, com a vontade de conhecer mais do mundo. Hoje moro em Ettlingen na Alemanha, onde trabalho e divido meu tempo com minha filha, marido e viagens com família.

23 comentários em “Marraquexe em Marrocos – Desbravando a cidade de A a Z (2ª. parte)

  • 9 de novembro de 2017 em 13:44
    Permalink

    Show de post! O Marrocos parece um país muito interessante, uma mistura de culturas da África, Oriente Médio e Europa. pretendo conhecer em breve!

    Resposta
  • 9 de novembro de 2017 em 14:15
    Permalink

    Tão giro este artigo. Que bela ideia para passar dicas de viagem. Muito legal.

    Resposta
  • 9 de novembro de 2017 em 16:56
    Permalink

    Adorei a continuação! Matando a pau nas dúvidas para conhecer o Marrocos 🙂 Agora só preciso me programar pra ir 🙂 Morro de curiosidade de conhecer!

    Resposta
  • 9 de novembro de 2017 em 17:59
    Permalink

    Adorando saber mais sobre Marrocos. Confesso que nunca tive tanta curiosidade sobre o destino mas depois de ler tanta coisa bacana por aqui, já coloquei na lista!

    Resposta
  • 9 de novembro de 2017 em 23:52
    Permalink

    Ahh que delicia de post, cheio de dicas de Morrocos. Vou salvar aqui, pretendo ir logo para Marrocos e agora ja tenho várias informações. Bjsss

    Resposta
  • 11 de novembro de 2017 em 16:10
    Permalink

    Muito boa a dica do Riad. Estou na Turquia e daqui foi seguir até o Marrocos…estava na dúvida sobre onde me hospedar. E todo o guia A a Z está perfeito! Ajudou muito, obrigada. <3

    Resposta
  • 11 de novembro de 2017 em 17:30
    Permalink

    q legal que tem neve nas montanhas em dezembro, nunca imaginei numa coisa dessas! infelizmente esse ano n da, mas quero visitar o marrocos ano q vem!

    Resposta
  • 11 de novembro de 2017 em 17:36
    Permalink

    Ameiiii as fotos! Me inspirou ainda mais p conhecer o Marrocos. Afinal estou quase do lado. Deve ser um lugar interessantíssimo.
    Abs, Marlise

    Resposta
  • 11 de novembro de 2017 em 22:30
    Permalink

    Adorei esse esquema de dicas de N a Z. Nossa, fiquei surpresa com essa variação de temperatura de 23º a 6º. A carioca aqui morreu de medo.

    Quem sabe um dia não vejo pessoalmente.

    Resposta
  • 12 de novembro de 2017 em 09:12
    Permalink

    eheh muito bom Edson! Estive em Marraquexe há pouco tempo e obrigado por me relembrar. Também por me revelar cantinhos que não conheci! (Para a próxima vou me lembrar deste post). Fomos de mota e o nosso principal objectivo era correr o país e quando paramos não temos tanto tempo para explorar todos os recantos. Marraquexe a voltar com tempo!

    Resposta
  • 12 de novembro de 2017 em 21:32
    Permalink

    Estou com planos de ir para lá ano que vem. Vou ler a outra parte do post, mas quantos dias você recomenda para conhecer a cidade?

    Resposta
    • 13 de novembro de 2017 em 19:51
      Permalink

      Oi Leo, a viagem por Marrocos foi num total de 9 dias, sendo 3 dias de bate-e-volta (Essaouira, Ait Benhaddou e Ouzoud), mas estávamos com uma criança de 6 anos e por isso fizemos tudo num marcha mais lenta. Nós ainda vamos publicar um post só sobre o planejamento de Marrocos, mas acho que 4 dias dá para conhecer bem a cidade. Abraço, Edson

      Resposta
  • 13 de novembro de 2017 em 06:53
    Permalink

    Sou totalmente suspeita porque ano o Marrocos. Acho que todo mundo deveria conhecer esse país lindo, colorido de um povo muito educado e culinária maravilhosa. Amei seu post

    Bjs
    Dani Bispo
    abolonhesa.com

    Resposta
  • 13 de novembro de 2017 em 10:01
    Permalink

    Gostei de teu A – Z!
    Mas me diga uma coisa: como foi viajar com uma criança por ai? Tua pequena curtiu? Tem atrações para crianças?

    Resposta
    • 13 de novembro de 2017 em 19:45
      Permalink

      A gente ficou bastante tempo, principalmente por causa dela, foram 10 dias de viagem. Até por que não dá para ficar até muito tarde. Alem disso não arriscamos fazer muitos passeios por conta, contratamos guia para as cidades próximas. Tirando isso, foi tranquilo. Os marroquinos adoram crianças, tratam super bem. Ela gostou, mesmo que não tenhamos feito passeio específico para criança.

      Ainda vamos escrever sobre só o planejamento e também cada viagem bate-e-volta.

      Resposta
  • 13 de novembro de 2017 em 11:28
    Permalink

    O Marrocos deve ser realmente um país extremamente fascinante. Quero muito visitar um dia em uma viagem pessoal, não tem muito a ver com o nosso site, infelizmente. Valeu pelas dicas, ficaram maravilhosas!

    Resposta
    • 13 de novembro de 2017 em 19:48
      Permalink

      É. Infelizmente a religião é bem restritiva por lá, quem sabe um dia isso mude. Só resta crer…

      Resposta
  • 14 de novembro de 2017 em 04:41
    Permalink

    Às vezes eu fico “pra lá de Marrakesh”! Brincadeiras à parte, adorei as dicas, essenciais para um visita a um país com costumes bem diferentes do que estamos habituados no Brasil e na Europa!

    Resposta
  • 14 de novembro de 2017 em 20:48
    Permalink

    Saudades dessa viagem a Marraquexe, fartei de rir quando li a parte dos artistas e vendedores de rua “paciência, paciência e paciência” é mesmo, mas temos que compreender que é cultura dos marroquinos tentar vender tudo e mais alguma coisa heeheh

    Resposta
  • 16 de novembro de 2017 em 19:32
    Permalink

    Adorei a lista e quero ver o post que vcs vão fazer das excursões. E que tal um falando só das comidas? Tenho vontade de desbravar mais o Marrocos, mas viajo sempre sozinha e essa mania deles de mexer com mulher me irrita. Os daqui de Paris fazem a mesma coisa, independentemente da roupa.. Mas ainda arriscarei, pois o país é lindo

    Resposta
  • 16 de novembro de 2017 em 22:01
    Permalink

    Demais! Adorei mais uma vez! Um destino incrível sem dúvidas! A cada item da lista, maior vontade de conhecer! Adorei o post! Marrocos parece ser incrível!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *