Como é almoçar no restaurante Zeughauskeller em Zurique na Suíça

Em nossa viagem para Zurique na Suíça, nós resolvemos separar o domingo para almoçar no Restaurante Zeughauskeller, um dos mais famosos e frequentados por turistas que visitam a cidade.

A primeira informação que impressiona é a data da construção do prédio em que ele está instalado. Levantado em 1487, ele serviu como armazém de armas e mantimentos para as diversas guerras por qual passou em sua história e depois de transitar entre hospedagem e depósitos, finalmente em 1927, o local passou a ter a função de restaurante.

Restaurante Zeughauskeller em Zurique na Suíça - Entrada

 

A herança de suas experiências podem ser encontrada tanto em seu nome (Zeughaus significa “casa de armas”) quanto nos seus móveis escuros e ambiente amplo e áustero. Além disso, o restaurante é gerenciado pela mesma disnatia há muito tempo, hoje represtado pelo senhor Tony Hammer.

Devido também a sua importância e, claro, a qualidade de sua comida, o lugar não é só famoso entre nós turistas, mas também por quem trabalha próximo, já que sua localização é bem no meio da área financeira de Zurique.

 

Nossa experiência no Restaurante Zeughauskeller

Como disse no início, nós fomos para o restaurante em um domingo em horário pico de almoço, as 12h30, e mesmo sem reserva (que pode ser feita no site oficial) não precisamos esperar muito para conseguir uma mesa. Nós ficamos na fila por aproximadamente 15 minutos, tempo suficiente para admirar o ambiente e seus detalhes.

Restaurante Zeughauskeller em Zurique na Suíça - Entrada
Restaurante Zeughauskeller em Zurique na Suíça - Ambiente
Restaurante Zeughauskeller em Zurique na Suíça - Ambiente
Restaurante Zeughauskeller em Zurique na Suíça - Ambiente

 

A primeira impressão positiva foi a recepcionista, que foi bastante simpática e brincou bastante com nossa pequena. E AH! Vale um detalhe, você pode acabar dividindo a mesa com outras pessoas, o que pode ser uma boa experiência e ao ter contato com alguém bem legal (ou não… rs). Nós sentamos numa mesa onde já estavam duas moças, nos cumprimentamos e o almoço aconteceu sem problemas nenhum.

Uma das vantagens do restaurante ser tão famoso e frequentado por turistas de todo o mundo é que ele possui o menu em 10 línguas, incluindo Português. Não se corre o risco de fazer o pedido pensando em uma coisa e chegar algo totalmente diferente. Ufa…

Restaurante Zeughauskeller em Zurique na Suíça - Mesa

 

Na hora de fazer o pedido, escolhemos o prato infantil para a Olívia, um Schnitzel mit Pommes (file de porco empanado com batatas fritas) e para nós, decidimos pela foto do menu, um Zeughauskeller “Kanonenputzer”, salsichão que pode ser de 1/2 metro (2 pessoas) ou metro inteiro (uma baita família rs). Como acompanhamento, uma escolha era certa, a Batata Rösti, que lemos bastante elogios, e o outro, uma tradicional Kartoffelsalat (salada de batata no estilo alemão).

Restaurante Zeughauskeller em Zurique na Suíça - Comida

 

Eu tomei uma caneca (ou duas… ou três) da cerveja da casa e estava muito boa, recomendo!

Restaurante Zeughauskeller em Zurique na Suíça - Cerveja

 

A comida realmente é excelente, muito saborosa e farta. Mesmo não sendo exatamente barata (a conta ficou em torno de CHF 100), é uma experiência que vale bastante fazer ao visitar a capital da Suíça.

No final, nós deixamos para comer a sobremesa na Confeitaria Sprüngli, mais um lugar obrigatório para se comer em Zurique.

 

Blogagem Coletiva Viagens Gastronômicas

Esse post faz parte da Blogagem Coletiva #ViagensGastronômicas de Pequenos Grandes Viajantes, não deixe de conferir os outros posts dos blogs de viagens participantes:

Organize melhor sua viagem
  • Já reservou o seu Hotel? Nós usamos e recomendamos o Booking, melhor site para reserva e com opções em todos os lugares do mundo, além disso temos um post com nossas dicas de como escolher o melhor lugar para se hospedar.
  • Já garantiu as Entradas dos lugares que vai visitar? A melhor maneira de economizar tempo e dinheiro é comprar os tickets com antecedência, o TicketBar oferece os melhores descontos e opções nos melhores e mais conhecidos destinos do mundo.
Todas as indicações são de empresas parceiras, seguras, confiáveis e utilizadas por nós.

Edson Amorina Jr

Nasci em Osasco/Brasil e me formei em Ciência da Computação pela UNICAMP. Sempre fui um amante de cinema e quadrinhos, hoje eu moro em Ettlingen na Alemanha e divido meu tempo entre cuidar de minha filha, esposa e viagens com família.

31 comentários em “Como é almoçar no restaurante Zeughauskeller em Zurique na Suíça

    • 27 de outubro de 2016 em 04:29
      Permalink

      Owa… olha o respeito menina! Eu só não lembro quantas canecas tomei, só isso… rs 😛

      Resposta
    • 27 de outubro de 2016 em 04:30
      Permalink

      Que legal Livia! Já já vamos publicar os outros posts de Zurique, espero que ajudem. 🙂

      Resposta
  • 27 de outubro de 2016 em 10:35
    Permalink

    Que ambiente mais lindo! Adoro Kartoffelsalat <3 A Suíça deve ser incrível, tenho muita vontade de conhecer.

    Resposta
    • 6 de novembro de 2016 em 08:43
      Permalink

      Eu gostei bastante da Kartoffelsalat deles, achei mais suave. Mas o que realmente gostei foi a batata rosti, muito gostosa!

      Resposta
    • 6 de novembro de 2016 em 08:44
      Permalink

      Siiim… o queijo e chocolate são realmente muito bons, mas tem outras opcões que valem apena experimentar.

      Resposta
  • 28 de outubro de 2016 em 16:16
    Permalink

    O ambiente é muito bonito e as comidas devem ser mesmo muito boas.

    Resposta
  • 28 de outubro de 2016 em 16:38
    Permalink

    Olá, Edson! Você não imagina como amamos a Suíça! Não tivemos oportunidade de conhecer esse restaurante, mas pareceu-nos muito interessante. Curtimos muito esses prédios históricos, decoração típica e, claro, pratos locais. Batata Rosti não poderia faltar, né? Está entre os favoritos. Estamos curtindo ler os posts da Blogagem coletiva, muita coisa interessante. Estão mais uma vez de parabéns. Abraços, Cristina e Renato.

    Resposta
  • 1 de novembro de 2016 em 10:50
    Permalink

    Adorei!!!! Uma das coisas que mais me encanta na Europa é saber que muitas construções têm séculos de história! Este é pra guardar na wishlist!!!

    Resposta
    • 1 de novembro de 2016 em 18:26
      Permalink

      Isso também me impressiona toda vez. Você olha um prédio, não dá nada e de repente ele é mais velho que o Brasil! :-O

      Resposta
    • 6 de novembro de 2016 em 08:47
      Permalink

      Não, é? Estar num lugar com tanta história já é uma grande vantagem para o lugar. 😀

      Resposta
  • 3 de novembro de 2016 em 18:01
    Permalink

    Tipo de restaurante que eu gosto, comida boa e o ambiente maravilhoso, não tem como não ser bom.

    Resposta
    • 3 de novembro de 2016 em 19:10
      Permalink

      Foi bem gostoso mesmo, além de que sentar numa mesa compartilhada com alguém que você não conhece é sempre uma boa experiência.

      Resposta
  • 3 de novembro de 2016 em 21:31
    Permalink

    Acho o máximo estes restaurantes com cardápio em português. Uma super consideração com o turista estrangeiro! Ainda não conheço a Suíça, mas quando for, com certeza quero visitar este restaurante. A comida está com a cara ótima!!!

    Resposta
  • 13 de novembro de 2016 em 21:26
    Permalink

    Nossa! Adorei essa dica! Quando for à Suíça, certamente irei conhecê-lo!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *