Prepara – Ice, ice, baby! Vamos para a Islândia!

Para os amantes da natureza, um roteiro de viagem à terra do fogo e gelo é sem sombra de dúvidas parte da bucket list de países a visitar! A Islândia é sonho de viagem de muitas pessoas e, principalmente por ter um custo alto, exige um bom preparo e uma pequenina dose de loucura para poder sair do papel.

Já começamos a detalhar cada dia de viagem, no final do post já está publicado o dia 1 na Islândia, onde visitamos o Spa Blue Lagoon e outros pontos lindos, e também o dia 2 na Islândia, com o canyon Fjaðrárgljúfur e a lagoa glacial Jökulsárlón.

 

Custo de viagem para a Islândia

Esse é o primeiro item a ser considerado na fase de planejamento, pois a Islândia é um país muito, muito (muito) caro.Até os meus colegas alemães se espantaram quando eu falei que iríamos para lá. E por isso, o mais comum é fazer um roteiro médio de 5 dias, que foi o que fizemos, para não acabar precisando vender um rim.

Para ter uma ideia de preço vou colocar os valores de alguns gastos corriqueiros que tivemos por lá:

  • Água mineral 1,5l -> 2 ~ 4,5 Euros
  • Cerveja em pub -> 18 Euros
  • Almoço, prato do dia com bebida média por pessoa -> 40 Euros
  • Compra em supermercado (pão, queijo, leite, macarrão, molho de tomate, coca, chocolate) -> 50 Euros
  • Gasolina litro -> 1,8 ~ 2 Euros
  • Souvenir (chaveiro e postal não vale) -> 15 ~ 20 Euros
  • Roupas -> 50 Euros ao infinito (para exemplificar, eu comprei uma touca, simples, da Icewear e paguei 65 Euros _ é… não resisti 🙁 )

 

Como viajamos de Londres com os meus cunhos, nós despachamos uma mala com uma compra de supermercado, incluindo bebidas alcoólicas, fazendo com que a gente poupasse um teco de dindin. E essa é uma boa dica, leve algumas coisas que conseguirem, principalmente se gosta de beber.

Outra coisa boa é que praticamente 90% dos pontos a serem visitados são marcos naturais, como cachoeiras, praias, montanhas, lagos e por isso são gratuitos.

Somente três lugares de todos que visitamos eram pagos: a Lagoa Azul (pacote comfort por 110 Euros), Kerið (3 Euros) e o Parque Nacional Þingvellir (estacionamento 5 Euros).

Roteiro Viagem Islandia Blue Lagon
Blue Lagoon na Islândia

 

Outra dica é comprar coroa islandesa antes de chegar Islândia, pois lá você acaba perdendo muito na conversão. Nós compramos em Londres com uma taxa bem mais amigável. E quando o dindin acabou usamos cartão de crédito para tudo. Como no Brasil (e diferente da Europa), cartões são aceitos praticamente em todo lugar, mesmo naquele posto de gasolina perdido na rodovia 1.

 

Transporte na Islândia

A primeira parte foi a compra das passagens.

Depois de muita pesquisa e cálculos, vimos que sair da Inglaterra era mais barato do que voar diretamente da Alemanha, mesmo em low cost. Ou seja, uma passagem da Alemanha direto para Reykjavík dava para pagar uma passagem para Londres + Reykjavík e sobrava um troquinho. As cias aéreas que voamos foram Lufthansa (FRA-LHR) e British Airways (LHR-KEF).

Roteiro Viagem Islandia Ring Road
Ring Road na Islândia

 

Como teríamos duas cidades base, Reykjavík e Hvolsvöllur, e não queríamos depender de excursões, alugamos um carro com a Thrifty, que foi o melhor custo. Para a pesquisa nós usamos o site da Rentalcars. Ah, e aqui vai um conselho importante, não deixe de pagar o seguro extra contra vendavais com pedrinhas, pois o dito pode ocorrer a qualquer momento e é sempre bom evitar a fadiga.

Uma curiosidade na questão de transporte e direção. Quando viajamos e alugamos um carro não alugamos GPS, pois temos um da Tomtom que funciona super bem. Para a nossa surpresa e só vimos na hora de colocar o endereço para a lagoa azul quando chegamos que o mapa da Islândia não está disponível no pacote Europa, não me perguntem o porquê… no final usamos o aplicativo do Maps.me que funcionou super bem e dá para usar off-line.



Hospedagem na Islândia

Falando de custo novamente, hotel para nós ficava inviável, já que estávamos em 5 pessoas, por isso decidimos usar o Airbnb.

 

Hvolsvöllur

A casa, melhor… A cabana que ficamos nas duas primeiras noites é bem legal, com vista para o glacial e uma localização bem remota, tudo o que queríamos. A única coisa ruim foi o contato com a proprietária. Pois, para chegarmos lá foi uma odisseia e ela não estava muito a fim de ajudar. Ah! E a cabana não comporta 6 pessoas!! Máximo 4 adultos, viu.

Para maiores informações vejam no link.

Roteiro Viagem Islandia Cabana Grund
Cabana Grund em Hvolsvöllur

 

Reykjavík

A casa de Reykjavík foi boa demais. Vinte minutos andando do burburinho do centro, a cinco minutos do mar e de um supermercado. Mega confortável e completíssima. E o proprietário ainda nos deu um welcome kit, com frutas, bolachinhas e suco. Recomendadíssimo e bem facinho de chegar.

Para maiores informações também no link.

Roteiro Viagem Islandia Reykjavik
Vista de Reykjavik

 

Roteiro, quando ir e o que vestir em uma viagem para a Islândia

Para escolher a melhor época para viajar para Islândia, você precisa decidir o que quer fazer e visitar, e para isso tem duas opções:

  • Entre junho – setembro se quiser curtir ao máximo os longos dias, o sol da meia noite e ver a natureza em seu esplendor.
  • Mas caso queira ver neve e a aurora boreal, a época mais aconselhada é entre setembro – março.

Nós optamos em ir em junho e posso dizer com 100% de certeza que tivemos muita sorte com o tempo. Choveu somente na primeira tarde, após a lagoa azul. Nos outros dias, nós fomos agraciados com sol e céu azul, no máximo alguns momentos de dia cinzento, mas sem nenhuma gota de chuva. E isso faz uma enorme diferença, já que estamos falando de atrações que são a céu aberto.

Roteiro Viagem Islandia Myrdalsjokull
Vista da geleira de Myrdalsjokull

 

Durante a nossa viagem a temperatura média foi de 13°C, mas devido ao vento a sensação era de uns 8 – 10 graus. Contudo, nós fomos bem preparados com o kit básico de inverno alemão: down jacket, jaqueta impermeável, touca, luvas, calça jeans skinny, meia grossa que ia até o joelho e botas de caminhada.

O roteiro foi a parte mais difícil de fazer. Eu queria muito ter feito a round trip, mas alto custo somado a falta de tempo nos impediram. Eu pesquisei muito e o roteiro que mais cativou as minhas expectativas foi da Dani Noce. Nós viajamos somente pela parte sul e sudeste da Islândia, iniciando no aeroporto de Keflavik sendo que a Jökulsárlón foi o ponto mais longe que fomos.

 

Detalhe do roteiro de viagem na Islândia

(Clique nos dias para ver os posts detalhados de cada visita)

Viagem Islândia Blue Lagoon

  • 1° dia de viagem – De Keflavík até Hvolsvöllur
    • Saímos do Aeroporto de Keflavík;
    • Passamos na cidade de Reykjanesbær;
    • Curtimos o Spa Blue Lagoon em Grindavík;
    • Vimos o farol Hópsnesviti e um navio naufragado ;
    • Ficamos impressionados com a Urriðafoss, a cachoeira mais volumosa do país;
    • Tivemos os primeiros contatos com os fabulosos Cavalos Islandeses; e
    • Chegamos em nossa cabana em Hvolsvöllur.

viagem islandia myrdalsjokull - trilha para o glacial

  • 2° dia de viagem – De Mýrdalsjökull, Fjaðrárgljúfur até Jökulsárlón com o Sol da Meia-noite
    • A geleira Mýrdalsjökull, nosso primeiro ponto e quarta maior geleira da Islândia;
    • A montanha Hjörleifshöfð, linda e cheia das flores Lupinas;
    • O deserto de Myrdalssandur, cortado por um rio;
    • As Drangshlíð, antigas casas da Islânda;
    • O Fjaðrárgljúfur, um canyon de 2km e 100 metros de altura – MARAVILHOSO;
    • O Kirkjugólf, chamado de “o chão da igreja” por suas formações basálticas;
    • A cachoeira Svartifoss, bastante famosa por sua altura e paredes de basalto;
    • A Jökulsárlón, uma lagoa glacial formada pelo degelo da geleira Breiðamerkurjökull, parte do maior glacial da Islândia; e ainda
    • A Fjallsárlón, também uma pequena lagoa glacial.

 

(Estamos publicando o detalhamento de cada dia, já já incluímos o link aqui)

 

Foram 5 dias de muita estrada, muitos UAUs e a certeza de quem desenhou aquela ilha fez com um carinho enorme. E uma certeza ainda maior de que precisamos voltar.

 

Ofertas de Passeios na Islândia

 

Ofertas de Hospedagem na Islândia



Booking.com

 

Organize melhor sua viagem
  • Já reservou o seu Hotel? Nós usamos e recomendamos o Booking, melhor site para reserva e com opções em todos os lugares do mundo, além disso temos um post com nossas dicas de como escolher o melhor lugar para se hospedar.
  • Já garantiu as Entradas dos lugares que vai visitar? A melhor maneira de economizar tempo e dinheiro é comprar os tickets com antecedência, o TicketBar oferece os melhores descontos e opções nos melhores e mais conhecidos destinos do mundo.
Todas as indicações são de empresas parceiras, seguras, confiáveis e utilizadas por nós.

Viviane N M Amorina

Nasci em São Paulo/Brasil e me formei em Engenharia de Alimentos pela UNICAMP. Sempre gostei de viajar, com a vontade de conhecer mais do mundo. Hoje moro em Ettlingen na Alemanha, onde trabalho e divido meu tempo com minha filha, marido e viagens com família.

13 comentários em “Prepara – Ice, ice, baby! Vamos para a Islândia!

  • 28 de setembro de 2017 em 21:00
    Permalink

    Islândia um daqueles países que fazem parte do imaginário da gente e que quem conhece se encanta. Seus posts da ainda mais ânimo de conhecer esse lugar. 🙂

    Resposta
  • 28 de setembro de 2017 em 23:26
    Permalink

    Adorei este post, que roteiro incrível. As dicas estão ótimas e são essenciais, adorei a dica de Reykjavík. Vou guardar este post para futuros roteiros!

    Resposta
  • 29 de setembro de 2017 em 19:06
    Permalink

    Wow, me assustei com os preços! Mas mesmo assim deve ser uma experiência inesquecível, no final das contas o sacrifício vale a pena!

    Resposta
  • 29 de setembro de 2017 em 19:25
    Permalink

    que cervejinha cara hein, ahahaha, é um dos países mais caros sem dúvida, comprei uma blusa por quase o mesmo preço, eu adorei os produtos da Geiser, e como os souvenirs são caros né, eu paguei uma fortuna em ímã de geladeira! ótimas dicas!

    Resposta
  • 29 de setembro de 2017 em 19:57
    Permalink

    kkkkk amei o “ice ice baby” e que delícia de lugar hein….por mais frio que possa estar tenho certeza de que curtiram muito. Adorei, só não os preços….rs.

    Resposta
  • 1 de outubro de 2017 em 16:14
    Permalink

    Olha que lugar incrível, já deixei todas as dicas anotadas, mas como é um pouco caro. Vamos deixar essa viagem para bem depois rsrs

    Resposta
  • 1 de outubro de 2017 em 22:21
    Permalink

    Muita, muita, muita vontade de conhecer a Islandia… Tenho visto fotos lindas e lido relatos maravilhosos.

    Dicas ótimas para economizar, pois economia é minha palavra preferida faz é tempo. rsrsr Principalmente em lugar caro!

    Adorei aquela cabana no meio daquela natureza! Tudo o que eu queria! rsrsr

    Resposta
  • 2 de outubro de 2017 em 08:23
    Permalink

    Islândia não é nada nada nada barata, mas vale cada centavo investido. Esse roteiro me deu saudades.

    Resposta
  • 3 de outubro de 2017 em 14:42
    Permalink

    Que maravilhosas as fotos!!! Eu nunca tinha visto nada da Islandia no verao, e confesso que me atrai muito mais pois odeio aquele frio absurdo que faz no inverno! Ao mesmo tempo, queria ver a aurora boreal… ou seja, vamos ter que ir duas vezes! hahahaha post inspiracao 🙂

    Resposta
  • 3 de outubro de 2017 em 21:52
    Permalink

    Viajar para a Islândia deve ser tudo de bom, né? Também faço como você e uso o airbnb quando viajo com familiares, representa uma ótima economia.

    Resposta
  • 12 de outubro de 2017 em 17:04
    Permalink

    codiooo Cerveja em pub -> 18 Euro! tem que ir com uma mala a mais de dinheiro aheuaheuah careza, mas com ctz deve compensar, o lugar eh incrivel!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *